Ads Top

# Linkin Park, Panic! At the Disco e Skank em Brasília DF - Circuito BB

- este não é um publieditorial, as opiniões deixadas aqui não possuem qualquer ligação com os envolvidos na promoção do evento.
~


A ordem das apresentações foi exatamente a inversa à do título, mas não poderia deixar de colocar em ordem de melhor apresentação, em matéria de música, presença de palco e público.

Domingo, dia 19.10.2014, ocorreu aqui em Brasília - DF, no estacionamento do Estádio Mané Garrincha, o festival de segunda edição, organizado pelo Banco do Brasil, chamado Circuito Banco do Brasil.

Apresentado por Ourocard, o Circuito BB tem patrocínio do Banco do Brasil, do Grupo Segurador BB Mafre, Bolt Energias e Tree Florestal.

Sobre o Evento

O Circuito Banco do Brasil é um reconhecido evento - que já está na sua segunda edição - que une cultura, esporte e responsabilidade social e ambiental. Grandes nomes nacionais e internacionais se apresentam em várias cidades do circuito.

O evento por aqui contou com:

Segundo ano da Copa Brasil de Skate Vertical, em parceria com a Confederação Brasileira de Skate,   a CBSK.
  Atletas competiram em uma rampa half pipe que tem as medidas mais atuais em atividade no mundo,   com 18 metros de largura, 17 metros de comprimento e 4,20 metros de altura. Paralelamente à  
  competição, também ocorreram escolinhas de skate com até 40 participantes.


   O primeiro lugar foi para Roni Gomes:
   "Eu arrisquei muito nesta competição. As manobras aéreas são as melhores e fiz questão de fazer
    nessa etapa".

   O segundo lugar foi para Dan Cesar Pardinho:
   " Treino todos os dias. Aos 10 anos ganhei meu primeiro skate e essa paixão reflete no esporte.    
      Faço com muita dedicação e amor."

   O terceiro lugar foi para "Vovô", que contou o tempo todo com a torcida da esposa, Tacila Pereira:
   " Ficamos ansiosas antes e durante as competições. Estou muito feliz com a vitória. Ele mereceu!"


* Concurso Voz para Todos, para artistas que buscam chances de se tornarem conhecidos.
   A banda carioca "Hover", ganhou o concurso e abriu a parte dos shows.


* Shows das bandas Skank, Plebe Rude com participações de Dado Villa-Lobos e Marcelo Bonfá, Panic! At the Disco e Linkin Park.

Responsabilidade Social

O Circuito Banco do Brasil se uniu à Cruz Vermelha para o lançamento da campanha nacional de conscientização sobre doação e transplante de medula óssea. Ações são realizadas em todas as cidades onde o evento irá acontecer ( lembrando que ainda há outras apresentações em SP e RJ ).

Além disso, também está sendo feita a divulgação do Clube 25, projeto também da Cruz Vermelha com objetivo de estimular a doação de sangue entre jovens de 18 a 25 anos.

Em 2014 a sustentabilidade continua como uma das principais bandeiras do Circuito Banco do Brasil, seguindo o exemplo de 2013, em que o evento foi responsável pelo plantio de 3 mil mudas de mata atlântica, neutralizando 600 toneladas de carbono, além de coletar 10 toneladas de resíduos sólidos. 


Marketing

Antes de falar sobre as atrações, um dos destaques do evento foi a ótima publicidade da Ourocard.

Os locais estavam bem sinalizados, a segurança em relação aos ingressos para a entrada do show estava forte, com mochilas e aparelhos de análise de veracidade.

Todo o local estava decorado com a publicidade da organização, em tons amarelos e azuis vivos e promotores à disposição pra qualquer dúvida.

Um dos pontos altos, foi o sorteio de 100 prêmios instantâneos de R$ 200,00 + 10 sorteios de R$ 5.000,00, pagos em dinheiro na hora. Para participar, cada um ganhava um panfleto com as instruções e um cartão com chip Ourocard, seguia para uma tenda com várias máquinas da Cielo, onde colocaríamos o CPF e o telefone celular. Sem vínculos ou pagamentos, apenas o sorteio.


Na área da pista, estavam disponibilizados bancos de papelão personalizados Ourocard, que eram dobráveis e fácies de manusear. Uma ótima ideia para quem precisava sentar para aguentar um pouco um show após o outro. A ideia foi tão bem aceita, que haviam pessoas carregando para casa os banquinhos. 

Havia também um dirigível personalizado ourocard que ficava flutuando em cima da plateia para divulgação da marca e entretenimento do público entre os shows.

Os locais estavam bem sinalizados, haviam também vários banheiros químicos à disposição e barracas de bebidas.

Ponto negativo:

As bebidas estavam bastantes caras em comparação com os ambulantes de barraquinhas na área externa do evento.
Uma garrafa de água na área externa, era comprada por R$ 2,50, enquanto dentro do evento o valor era de R$ 7,00. 
Uma lata de Budweiser servida em um copo - por questão de segurança não era permitido consumir em lata - no valor de 2 por R$ 5,00 na parte externa, estava a R$ 9,00 o copo dentro do evento.

Mas para quem é acostumado com shows, sabe muito bem que o ideal é comer e beber antes de passar pela segurança, uma vez que normalmente os preços são sempre altos e por fim é o ideal para ter muita energia para curtir o show.


Shows - Skank, Panic! At the Disco e Linkin Park

Particularmente posso dar a opinião somente desses shows, pois no início do evento ainda estávamos correndo para conseguir ingressos de última hora.

Com o objetivo de cortar um dos itens de nossa Bucket List, não poderíamos perder um show do Linkin Park e se de quebra pudéssemos ver Panic!, seria demais.



Chegamos enquanto Skank se apresentava, ouvíamos o som de algumas músicas novas e várias clássicas dos sucessos da banda, enquanto procurávamos estacionamento em torno do Estádio, entrávamos no evento e participávamos dos sorteios. 


Era possível ver muita gente dançando, abrindo os braços e cantando letras antigas da banda, junto com amigos e família ao som de "Garota Nacional", "Mil Acasos", "Vou Deixar", "Sutilmente", dentre outras.



Com um público que foi contabilizado em 20 mil pessoas, é possível que a grande parte tivesse aparecido mais ao final do dia para assistir Panic! e Linkin Park, principalmente o último que era a atração mais esperada do evento.

Ao iniciar a noite Panic! At the Disco apareceu com novas canções que agradou milhares de fãs.


Brendon Urie, o vocalista, começou com um terno dourado brilhante ao estilo rock and roll dos anos 60 e ao passar as músicas, foi tirando cada peça, primeiro o terno, depois a blusa que tinha por baixo, fazendo praticamente o show inteiro as fãs gritarem ao ficar sem camisa, cantando e dançando por todo o palco.

O ponto alto do show do Panic! foi a inesperada música Bohemian Rhapsody de Queen, cantada com louvor por Brendan que comprovou ser além de um excelente artista que tocou guitarra, bateria e piano, possui um ótimo bom gosto musical ao escolher um dos maiores sucessos de Queen, e perfeita afinação para alcançar as melhores notas e divertir o público. 

Aqui está um vídeo com a tentativa de gravar a música toda, tem um pedacinho cortado, mas dá pra curtir.


Ponto positivo também para um screamo em uma música surpresa. Simplesmente Top!
Se alguém ali estava para ver Linkin Park por gostar do estilo, deve ter se surpreendido com essa parte do show.

Nem mal Panic! acabou o show, alguns sem noção começaram a gritar: Linkin Park.
Ok se você é fã, mas colega, espera ao menos o cara desligar a luz do palco e sair para gritar a próxima banda, afinal Panic! At the Disco não era qualquer bandinha de abertura de show pequeno, era uma banda top.

Após o público mandar calar a boca dessa meia dúzia sem noção, o público passou a ficar inquieto. Quem curtiu Panic! dava lugar aos fãs de Linkin Park, a aglomeração começou a ficar mais concentrada, não havia espaço para respirar direito. Nem mesmo havia começado a troca de instrumentos de banda - que levava em torno de 1h - e já tinha gente sendo levada para mais longe do palco porque estava passando mal com o calor de Brasília.

O calor de 35ºC de dia, começava a abafar mesmo em local aberto, mesmo com a temperatura ficando mais amena, precisávamos sair daquela lata de sardinha. Arranjamos um local que ventava e podíamos ver o telão - antes um telão do que o teto de uma ambulância. Pronto, podíamos esperar tudo esquentar novamente.

Um rif vindo direto do palco, bastou para o público ir à loucura e começar a gritar.
Pessoas começaram a subir nos ombros das outras, não eram só meninas miúdas! 
Eu não lembro de ver tantas partes traseiras de uma vez só em um show (o.o)

Digam o que quiserem, mas havíamos visto um documentário especial Linkin Park apenas algumas horas antes - motivo que nos fez correr atrás de ingressos para o dia - e aquilo nos fez ver que a banda não era apenas uma banda importante da nossa adolescência, era um banda formada por amigos, para amigos.


Assim Linkin Park considera seus fãs, amigos que se conhecem a cada show, mas que compartilham da mesma energia como se se conhecessem à décadas. 

E foi nesse clima que nos presentearam com algumas músicas do primeiro álbum homenageando a primeira fase com o álbum "Hybrid Theory" e logo depois as músicas da turnê do novo álbum "The Hunting Party".

Este foi o primeiro álbum que participaram de todas as fases, e imprimiram sua própria personalidade, compondo, dirigindo, produzindo e divulgando. O clima das músicas era maravilhoso, melódico, com pegadas de rap - característica deles, desde o primeiro álbum - e com letras absurdamente lindas. 

Mas nada se comparou quando começaram a tocar as melhores do álbum Meteora.

Tudo o que os fãs mais queriam era ouvir ao menos uma música do álbum que mudou a vida da banda e de milhares de fãs ao redor do mundo. E conseguimos mais que isso!

A energia emanada pela banda, o show e as músicas que fizeram parte de nossa vida foi uma das melhores coisas a se fazer em uma Bucket List. 

A voz rouca do dia seguinte, o pescoço dolorido de tanto bater cabelo, as pernas e pés doendo cada milímetro por ficar em pé e curtindo o show. Vale. Cada. Segundo!

Poder ver uma de suas bandas favoritas, se não A favorita, em sua própria cidade com as letras que te ajudaram a construir o seu caráter, não tem preço.

Aliás, tem sim, o preço do ingresso... Ah mas isso: vale cada centavo!



#show #shows #brasília #bsb #evento #eventos #eventosbsb #linkinpark #rock #panic #panicatthedisco #skank #brasil #br #circuitobb #circuitobancodobrasil #bb #bancodobrasil 

Nenhum comentário:

Obrigado pela visita! Deixe aqui seu comentário e seu site/blog que retribuirei! :) Volte Sempre!

Tecnologia do Blogger.