Ads Top

Carrie Fisher, a Princesa Leia de Star Wars, morre hoje aos 60 anos


Não só de codinome Princesa, Carrie Fisher era feita, era atriz, escritora, independente e uma mulher de fibra. 

Nós fãs soubemos de uma complicação que teve recentemente no último dia 23 de dezembro, em que sofreu uma parada cardíaca dentro de um avião que saía de Londres e estava para pousar em Los Angeles, foi levada às pressas para a UTI. Acompanhamos a notícia tensa e logo depois recebemos outra para nos tranquilizar de que estava tudo bem, e assim passamos as festividades de Natal.

Imagem relacionadaInfelizmente a notícia que saiu hoje, veio dar outro nó como 2016 tem feito com grandes nomes: Carrie faleceu. </3

A notícia foi confirmada à revista People, por um representante da família, Simon Halls, que anuncia:

"É com grande pesar que Billie Lourd (filha de Carrie), confirma que sua amada mãe, Carrie Fisher, morreu às 8h55 da manhã. Ela era amada pelo mundo  e sua ausência será profundamente sentida. Nossa família agradece os pensamentos e orações"

Fisher teve destaque novamente na mídia, quando teve que divulgar o penúltimo filme da saga Star Wars - O Despertar da Força, lançado ano passado (2015) e por este motivo disseram que ela deveria emagrecer para voltar ao papel.

"Estou em um negócio onde a única coisa que importa é o peso e a parência. Isto é tão errado. Eles poderiam muito bem dizer para eu ficar mais jovem, porque falar esse tipo de coisa é fácil"

À época, essa declaração trouxe à tona o tipo de imposição ao culto à beleza que Hollywood impõe principalmente  às mulheres, e que levou o mundo a dar mais importância ao assunto.


A atriz estava em Londres para gravação de sua participação na série "Catastrophe" e estava atualmente em uma turnê de divulgação de seu oitavo livro :"Memórias da princesa: Os diários de Carrie Fisher"




Carrie era filha de um casal famoso em Hollywood, formado pelo cantor Eddie Fisher e pela atriz Debbie Reynolds. Seus livros falavam sobre sua relação complicada com a mãe, no livro "Postcards from the edge". A obra foi adaptada para o cinema em 1990, com o título "Lembranças de Hollywood", estrelado por Meryl Streep.

Fisher também ficou conhecida por debater publicamente seu transtorno bipolar e seu alcoolismo na forma da peça/livro/especial da HBO "Wishful Drinking" - que chegou a receber duas indicações ao Emmy de 2011.

Depois de sua aparição no último filme já citado, Fisher estava escalada para aparecer no oitavo episódio da série, ainda sem nome oficial, com estreia prevista no Brasil para 15 de dezembro de 2017. 

Carrie Fisher  prematuramente deixa uma filha, Billie Catherine, com a agente de talentos Bryan Lourd.

Em uma singela homenagem, o quadrinista e ilustrador Guilherme Bandeira nos deixa com uma imagem que vale por todos os fãs da atriz.





Nenhum comentário:

Obrigado pela visita! Deixe aqui seu comentário e seu site/blog que retribuirei! :) Volte Sempre!

Tecnologia do Blogger.